Jornal A Voz da Figueira

Switch to desktop Register Login

A Voz da Figueira

A Voz da Figueira

Deixe-nos a sua opinião

Website URL:

QUEBRAS DE PRODUÇÃO ABALAM ORIZICULTORES

quinta, 09 outubro 2014 14:45 Publicado em Destaques

O arroz está «falhido», é assim que os orizicultores falam da produção deste ano, que foi afetada pelo fungo piricularia. Não se trata de uma questão de qualidade do arroz, antes de implicação em quebras de produção que podem chegar aos 50%.

O verão chuvoso, com baixas temperaturas e níveis grandes de humidade levou ao aparecimento do fungo piricularia, que está a causar prejuízos aos orizicultores do Vale do Mondego (cerca de 800 produtores), com quebras na produção «entre 40 a 50%, embora haja casos que superam», referiu ao nosso jornal José Pinto Costa, produtor e membro de várias organizações, como a AOP (Associação dos Orizicultores de Portugal), que pediram uma reunião de urgência ao secretário de Estado da Agricultura.


Entretanto, amanhã, a Associação de Agricultores do Vale do Mondego, a delegação do Mondego da AOP, a Associação da Obra Hidroagrícola do Baixo Mondego e a organização de Produtores da Cooperativa Agrícola de Montemor-o-Velho vão reunir com a Direção Regional de Agricultura do Centro para discutir «qual a forma de tentar minimizar prejuízos no imediato e no futuro próximo, porque a capacidade financeira dos produtores já vem reduzida de há muito a esta parte», adianta José Pinto.

Excerto da Notícia- Edição de 8 de Outubro de 2014

Em Inglaterra


Entre os dias 8 e 13 de outubro realiza-se a final do Campeonato do Mundo de Trauma, no Reino Unido, na cidade de Moreton-in-Marsh, na UK Fire Service Collage, e uma dupla dos Bombeiros Municipais da Figueira da Foz vai marcar presença. Os bombeiros Wilson Gomes e Orlando Ribeiro, que vão ser acompanhados pelo comandante Nuno Osório, conquistaram esta participação no mundial de trauma quando obtiveram o título nacional, no passado mês de junho, na prova disputada em Leiria.


No campeonato mundial irão estar equipas da Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, República Checa, Chile, Colômbia, França, Gana, Luxemburgo, Holanda, Paraguai, República da Irlanda, Portugal, Qatar, Roménia, Espanha, Suécia, Suíça, Venezuela, Reino Unido e Estados Unidos da América.

Excerto da Notícia- Edição de 8 de Outubro de 2014

Com informação, apoio especializado, acompanhamento e integração social


O MAJ - Movimento Associativo Juvenil de Vila Verde desenvolve, desde agosto, o projeto “Foz do Mundo”, uma ação financiada pelo Fundo Europeu para a Integração de Nacionais de Países Terceiros, destinada a apoiar na integração de cidadãos estrangeiros.


Contando com a parceria com as Juntas de Freguesia de Vila Verde e de Buarcos/São Julião e com o Gabinete de Inserção Profissional da Câmara Municipal da Figueira da Foz, este projeto proporcionou a criação de uma estrutura multidisciplinar de apoio a imigrantes, através da dinamização de Gabinetes de Informação e Apoio Especializado ao nível do Emprego, Jurídico, Saúde, Apoio Psicológico e Apoio Social. Estes gabinetes funcionam nas instalações do MAJ, próximo da Junta de Freguesia de Vila Verde, prestando um serviço gratuito e especializado de informação, aconselhamento e acompanhamento dos imigrantes na resolução das suas necessidades.

Excerto da Notícia- Edição de 8 de Outubro de 2014