Jornal A Voz da Figueira

Switch to desktop Register Login

A Voz da Figueira

A Voz da Figueira

Deixe-nos a sua opinião

Website URL:

Mais uma vez a Escola Dr. Pedrosa Veríssimo – Agrupamento de Escolas do Paião, festejou o sucesso escolar, o mérito e as boas atitudes dos seus alunos, com a Entrega de Prémios que decorreu na passada semana.


O auditório da escola esteve repleto, com alunos, pais/encarregados de educação e outros familiares, professores, funcionários e convidados, tendo a diretora Ana Paula Carrito agradecido a presença de todos, bem como dos patrocinadores dos diversos prémios. Sobre a cerimónia, salientou que «o reconhecimento do mérito é cada vez mais imprescindível. Cada vez mais vivemos numa sociedade exigente. Temos de ser bons e para sermos bons temos de nos preparar. E a escola serve para isso», disse, realçando a importância de todos os que intervêm na vida escolar e na formação integral dos alunos.

Paula Carrito referiu que, no corrente ano letivo, a escola foi sujeita a uma avaliação externa, pela Inspeção Geral de Educação e Ciência, tendo obtido a classificação de “Muito Bom” em cada um dos três domínios da avaliação: Resultados, Prestação do Serviço Educativo e Liderança e Gestão. Igualmente apresentou os bons resultados obtidos pelos alunos do 9.º ano nas provas finais de Português e Matemática, que foram 12,4% e 23,3%, respetivamente, superiores aos da média nacional.

Excerto da Notícia - Edição de 23 de Julho de 2014

PAC leva a arte a locais inesperados

terça, 29 julho 2014 14:17 Publicado em Cultura

Figueira com Pontos de Acesso à Cultura

Poder apreciar um trabalho artístico em locais tão inesperados quanto um talho, uma barbearia, uma lavandaria ou sapataria é o desafio lançado pelo novo projeto PAC.

Naquele que é o arranque do projeto PAC – Ponto de Acesso à Cultura, são 35 os espaços que estão a receber um trabalho artístico (pintura/escultura/fotografia/produção literária), visando-se «tirar a arte dos locais standards e torná-la de acesso mais livre à comunidade», frisa o impulsionador deste novo projeto Mário Silva (filho), que dá assim «continuidade» à visão e espírito do seu pai, Mestre Mário Silva, “embaixador” do PAC.


Assim, não se admire se ao entrar num barbeiro, num talho, numa papelaria, lavandaria, farmácia, sapataria, dentista ou em vários restaurantes da Figueira e de Buarcos se deparar com uma obra de arte, nomeadamente de artistas como Cunha Rocha, Tesha, Chichorro, Mário Silva, entre outros, ou textos de Miguel Babo e Gonçalo Cadilhe e uma escultura de Augustin Casillas. Esta primeira edição decorre entre 15 de julho e 15 de agosto e Mário Silva confessa que «superámos expetativas». Para o ano, esperam poder alargar a iniciativa a outras artes, como o teatro, a música e as artes performativas.

Excerto da Notícia - Edição de 23 de Julho de 2014

Karaté


Há uma semana atrás estavam inscritos mais de 150 participantes de vários países (Portugal, Espanha, França, Japão, Suécia, Suíça, Bélgica, Finlândia e Inglaterra), que vêm participar no “Summer Seminar, a realizar na Figueira da Foz, de 24 a 27 de julho, com organização da Associação Portuguesa Goju-Kai Karaté-Do e a OGKK Europa que decidiram assinalar com esta iniciativa, os 35 anos de ensino do Karaté do Sensei António Santos.


Segundo foi explicado em conferência de imprensa, este Estágio de Verão vai ser liderado pelo Sensei Ryochi Onaga, 9.º Dan da OGKK, que pretende responder ao tema Karaté “Integração e Família”, além de promover e divulgar a modalidade, mostrando a sua versatilidade, a sua grande capacidade de integração e a sua grande força mobilizadora e de socialização.

Excerto da Notícia - Edição de 23 de Julho de 2014