Jornal A Voz da Figueira

Switch to desktop Register Login

A Voz da Figueira

A Voz da Figueira

Deixe-nos a sua opinião

Website URL:

Faleceu o advogado e antigo autarca Luís Melo Biscaia

quinta, 23 julho 2015 13:30 Publicado em Local

Faleceu no Hospital Distrital da Figueira da Foz, no domingo, aos 87 anos, o reputado advogado figueirense Luís Melo Biscaia. As cerimónias fúnebres realizaram-se ontem, dia em que se cumpriu luto municipal, com a bandeira do município a meia haste.

Em comunicado, a Câmara Municipal associou-se à dor dos familiares, apresentando condolências. João Ataíde sublinha que Melo Biscaia “ao longo da sua vida, expressando um ideal que partilhou com as suas gentes, lutou pela liberdade e pelo crescimento e desenvolvimento da sua terra”.

 


Além da relevante carreira de advogado (exerceu durante 55 anos), destaca-se a sua intervenção cívica e política, tendo participado em diversas manifestações contra o regime. Participou nos congressos da Oposição Democrática, em Aveiro, e foi membro da direção local do MDPCDE, movimento de antifascistas.

Excerto da Notícia - Edição de 22 de Julho de 2015

Ministro revelou que os setores ligados à gastronomia movimentam 20% do PIB


FOI FORMALIZADA A COMISSÃO PARA A CELEBRAÇÃO DO 1º DIA NACIONAL DA GASTRONOMIA PORTUGUESA, ENVOLVENDO CERCA DE 30 ENTIDADES DO PAÍS.


A 29 de maio de 2016 vai celebrar-se pela primeira vez o Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa, efeméride que será sempre assinalada no último domingo do mês de maio.

Depois do Projeto de Resolução ter sido aprovado, por unanimidade, na Assembleia Municipal no passado mês de junho, esta segunda-feira, realizou-se no Casino Figueira, a sessão de formalização e apresentação da Comissão de Celebração do 1º Dia Nacional da Gastronomia. 


A sala “Casa das Confrarias” revelou-se pequena para todos os confrades do país e entidades que partilharam este momento, onde não faltaram os agradecimentos ao

Ministro Poiares Maduro, “pai” da criação desta efeméride, pelo repto que ali lançara no ano passado, mas também o reconhecimento pelo consenso que esta lei obteve em todos os deputados. Ficou também o agradecimento ao Casino Figueira por todo o apoio que tem dado às confrarias e à promoção da gastronomia.

Excerto da Notícia - Edição de 15 de Julho de 2015

O figueirense Afonso Cruz venceu por unanimidade o Prémio Nacional de Ilustração 2014, com o livro “Capital”, Editado em 2014 pela Pato Lógico.

Afonso Cruz, escritor, músico e ilustrador, é autor de vários livros ilustrados para a infância.

O júri do Prémio Nacional de Ilustração atribuiu ainda duas menções especiais às obras “Lá fora”, com ilustração de Bernardo Carvalho e texto das biólogas Maria Ana Peixe Dias e Inês Teixeira do Rosário, e “Com o tempo”, de Madalena Matoso, para um texto de Isabel Minhós Martins.

Destacou ainda a obra “Wonderporto”, com ilustração de Cátia Vidinhas e texto de Adélia Carvalho, editado pela Tcharan.

 


Nesta edição do Prémio Nacional de Ilustração foram avaliadas 77 obras, de 54 ilustradores e 56 autores de texto, publicadas por 35 editoras (e uma edição de autor).

O Prémio Nacional de Ilustração, atribuído pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, tem como objetivo reconhecer e incentivar o trabalho de artistas no domínio da ilustração de livros para crianças e jovens em Portugal.

Excerto da Notícia - Edição de 15 de Julho de 2015